Sexta-feira, 27 de Março de 2009

Mas o que é que se passa neste mundo?

Infelizmente (e infelizmente digo "infelizmente) já nada me choca! "Mas o que é que se passa neste mundo?" é mesmo a questão a colocar, pois não é possível saber o que é que se passa na cabeça das pessoas.

O Diário Digital noticia o seguinte: "Itália: detido Fritzl de Turim".

Leiam a notícia e digam-me lá se estes monstros (e desculpem a expressão, mas não há adjectivação suficiente que caracterize um ser deste "calibre") merecem o ar que respiram? Seria demasiado severo fazer a lei regressar à idade média e empalar animais como estes?

Este "bicho" manteve a filha sequestrada e violou-a durante 25 anos. Isso mesmo! Vinte e cinco anos! Ficava numa divisão sem luz e só saía acompanhada pelo pai que afirmava que a razão para tal acto tem que ver com "uma lei familiar exigia que a filha mais velha lhe fosse 'prometida'". Além deste acto hediondo, a besta ainda incitou o filho a fazer o mesmo aos seus filhos.

Mas porque é que não se abre uma excepção e se pode aplicar penas com torturas a casos destes? Isto não é extremismo, é revolta! Não se compreende como é que alguém é capaz de tal acto e paga com uma pena de prisão apenas! Direitos humanos? Esta gente merece que se tenha isso em conta? Espero sinceramente que se faça justiça e que quando estes animais estiverem na prisão sejam violados todos os dias... De preferência por mais que uma pessoa!

Que raio de vida vão ter as vítimas? De que serve o acompanhamento psicológico a uma pessoa que viveu enclausurada durante 25 anos? Não consigo imaginar... Lamentavelmente, são vidas perdidas... Posto isto, é legítimo falar em direitos humanos para estes monstros?

Desculpem esta agressividade toda, mas é revoltante! Não tenho filhos, mas espero vir a ter um dia e jamais me imaginaria capaz de tal mosntruosidade, ou jamais imaginaria que eles tivessem que passar por uma coisa destas.

Por isso espero que sofram o que os filhos deles sofreram nas suas mãos. Ou mais de preferência! Porque isso não é ser humano. É não possuir quaisquer indícios de racionalidade! Como disse mais acima, não há palavras que caracterizem tais pessoas, ou animais... Como acharem melhor!

Hoje fico-me por aqui! Olé!

Hoje estou...: Revoltado!!!
Publicado por Antrópico às 22:02
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Março de 2009

Tenham medo... muito medo!

Confesso que desta vez fiquei preocupado...

Já imaginaram a possibilidade de ficar com cancro da pele apenas com 5 minutos de exposição solar?

O mais recente estudo da NASA indica que em 2065 podermos não ter camada de ozono. Tenho 26 anos e nessa altura já não tenho intenções de estar por cá, mas e os nossos? Os que ficam? E a quantidade de espécies que se perdem ou ficam em perigo? É de facto preocupante...

Ando muito de carro, é certo, mas, por exemplo, não tenho o hábito de atirar lixo para o chão. O gesto é simples e não custa muito. Se todos tivermos um pouco mais de cuidado há catástrofes que podem ser evitadas!

Por isso, aqui ficam dois pequenos vídeos (vejam porque vale a pena) e o clichê habitual:

Vamos cuidar do nosso planeta!

 

 

Hoje estou...: Preocupado!!!
Publicado por Antrópico às 23:00
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Habemus Papam

Há coisas que me deixam, de certo modo, perturbado. Estupefacto, mais propriamente...

Aquando da minha leitura diária de notícias constatei que algo de grave se passa no Vaticano. E perguntam vocês: "Então o facto do Vaticano existir não constitui por si só uma ameaça grave?"

Claro que sim, mas isso não é novidade! Acho que todos nós temos a noção de que qualquer entidade que, ao invés de progredir e acompanhar a evolução da sociedade, retrocede e faz questão de se afirmar devido a isso torna-se, evidentemente, perigosa.

Então o que é que de tão grave se passa no Vaticano? Pois bem; o facto do Papa Bento XVI querer cativar os jovens está a tomar proporções exageradas. É que ele não está habituado aos efeitos de "certas coisas" e a idade também não perdoa... Junta-se uma boa dose de alzheimer (com todo o respeito por quem tem a doença. Não gosto de zombar com coisas destas) e temos uma belíssima dose de asneiras dotadas de um surrealismo impressionante.

Oh yes! O Papa droga-se!

Então não é que Sua Santidade o Papa disse que a utilização de preservativos agravam o combate à SIDA (notícia aqui)? Em que mundo é que vive o Papa? O uso de preservativo agrava o combate à SIDA? Em vez disso, o homenzinho propõe a abstinência!

 

Temos que falar senhor Papa! E vou tratar-te por tu, porque não sou muito bom com estas coisas de ser formal... Oh Bento, toda a gente sabe que o preservativo não é a cura para a SIDA. Mas acho que quase toda a gente sabe que ajuda a prevenir e ajuda à não-propagação da doença.

E achas mesmo que os jovens, OS JOVENS(?), vão abster-se de ter relações sexuais? Queres um conselho? Fala só do que sabes. Levaste uma vida inteira a "esgalhar o pessegueiro"(digo eu que nem quero pegar nesse assunto)! Queres que a malta faça sacrifícios? Queres maior sacrifíco do que usar preservativo? Aquilo aperta o pescoço, sabias? Não é fácil.

Agora falando a sério, não compreendo como é que uma igreja que se quer afirmar perante os jovens, vem a público dizer tal barbaridade. É assim que querem que os jovens sigam a igreja? Será que é possível haver uma mentalidade mais retrógada? Já agora, porque não perseguir a Maya para a queimar na fogueira?

Acredito em Deus à minha maneira. Acho desoladora a maneira como a igreja tenta manipular as pessoas. É revoltante! Gostava de um Papa, mas esse morreu! Para que serve o Papa agora? Para servir de intermediário entre Deus e o povo? Ou para agitar a opinião pública? A mim não me serve de nada.

Falo com Deus à minha vontade e sabem que mais? Ele nem me pede dinheiro por isso. Graças a Deus! Olé!

Hoje estou...: Em paz com o Criador!
Sons: Rui Veloso - Logo que passe a Monção
Publicado por Antrópico às 16:34
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 14 de Março de 2009

Haja saúde Manelinha!

Será que a crise também chegou à carteira da Manuela Ferreira Leite? De certeza que se anda a esquecer de tomar os medicamentos...

Ora atentai na originalidade usada por tal personalidade para ganhar as eleições nesta... nesta... Nem sei bem! Campanha?

 Comecemos então...

Algumas críticas para começar...

 

 

 

Mais críticas (aqui nesta junta-se a fome com a vontade de comer)...

  

Mais críticas? Fonix (passo a publicidade) Reparem na cara de frete do jornalista careca (vá lá... calvo).

Uffff!!! Já está?

Bem... "Por que no te callas?" OLÉ!

 

Hoje estou...: Na palhaçada
Publicado por Antrópico às 23:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

O planeta Portugal - parte 2

Ora vejamos...

O nosso planeta (vulgo Portugal) discute hoje uma lei para reduzir o sal no pão. Então o deputado socialista Jorge Almeida (lamento a minha ignorância, mas nem me dei ao trabalho de procurar quem é tal personagem) não tem nada mais interessante para fazer ou pensar? Vem ao parlamento dizer que temos o pão mais salgado de toda a Europa e que o mesmo provoca problemas de saúde... Afirma ainda que o consumidor não vai notar a diferença e que no futuro se poderão fazer mais reduções.

Na minha opinião, isto é levar a política portuguesa ao seu expoente máximo. Falar de uma redução do sal no pão é de uma magnitude tal, que faz com que, por exemplo, uma discussão sobre a eutanásia se assemelhe a uma brincadeira de crianças.

Se alguém leu "O planeta Portugal - parte 1", poderá constatar que, de facto, em Portugal brinca-se à Política.

O presidente da Associação dos Industriais de Panificação acha a ideia fundamentalista e, parece-me, tem uma certa razão. Além disso diz que isso tem que acontecer por "sensibilização e não por decreto".

Já não chega tudo o que têm feito até agora? Têm as forças armadas na mão, afundam os sindicatos (que apesar de se manifestarem, têm levado bofetadas cada vez mais fortes) e agora também querem controlar o sal no pão? No nosso pão? Aquele que o "tuga" come sempre à refeição? Tenham juízo! Quem manda naquilo que como sou eu... Ou não! Por este caminho, qualquer dia nem nisso mando.

Estamos a ficar gravemente parecidos a certos estados norte-americanos com as suas leis estúpidas e isso preocupa-me.

Ai Portugal Portugal! De que é que estás à espera? Já estás com os dois pés no fundo do mar!

 

Nem digo mais... Olé!

Hoje estou...: Confuso
Publicado por Antrópico às 09:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 7 de Março de 2009

É normal?

 

Acho engraçado o modo lacónico em como foram anunciados os lucros da EDP. Aliás... Acho engraçada a eloquência nas palavras de António Mexia, cuja pessoa afirma que toda esta situação é muito "confortável", que vão conseguir criar mais 500 postos de trabalho, blá blá blá blá blá...António Mexia

 Passo a explicar:

O DN diz que "Ganhos extraordinários dão à EDP 1092 milhões".

Isto equivale a um aumento de 20 por cento face ao ano anterior. Agora eu pergunto: É normal? Com a crise generalizada, isto é normal? Talvez seja mesquinhice da minha parte, mas pareceu-me que isto veio a público de forma muito sucinta, assim como me pareceu que o anúncio de tais lucros foi elaborado com muita exornação, com muitas flores, chapeuzinhos e línguas de sogra de maneira a parecer tudo muito bom e benéfico. É provável que o seja. Afinal há que levantar a economia lusitana. Mas (e há sempre um "mas"), sua excelência, António Mexia, foi capaz de falar no quase monopólio praticado pela EDP? Foi capaz de falar nos preços exorbitantes praticados pela EDP? Não se incomode excelência... Se dissesse tudo, não teria nada para escrever aqui, não é?

 A verdade é que não é preciso viajar muito para ver o quão roubados (é mesmo essa a expressão; roubados) somos. Diz o CM que a EDP ganha cerca de 3 milhões de euros por dia e que "[...]os preços da energia praticados em Portugal para os consumidores particulares são 25,4 por cento mais caros do que os praticados na vizinha Espanha". Por isso, como podem constatar, está tudo dentro dos parâmetros ditos normais! Infelizmente... nada a fazer! Comemos e calamos...

 E a Galp? Ah pois... Não pode cair no esquecimento... Lucro de 14 por cento em 2008, o que equivale a 478 milhões de euros. Nesta aqui já nem pergunto se é normal. Lucros anuais das petrolíferas a descer é tão provável como ver militantes do PNR num concerto de Buraka Som Sistema.

 Por fim, com 103 anos de permanência no mercado português, "a Siemens teve receitas de 515 milhões de euros" em 2008, não falando nos quase mil milhões de euros que as novas encomendas totalizam.

 Lucros ascendentes e despedimentos q.b. na ordem do dia. É normal? Claro que é! É o Portugal da Europa, o Portugal da Península Ibérica, o retrato miserável deste país... Enfim! Cá nos aguentamos... Como sempre!

Não digo mais nada. Olé!

Hoje estou...: Revoltado!
Publicado por Antrópico às 12:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Então e eu? Quem sou?

.Pesquisar vidas!

 

.Vidas recentes

. Nobel da paz para Massimo...

. Feliz Sonae! Perdão… Nata...

. Ausência loooonga!

. Doutor, diga que foi para...

. Xiu... Cala a boca que as...

. Ah ah ah ah ah!!!

. Mas o que é que se passa ...

. Tenham medo... muito medo...

. Habemus Papam

. Haja saúde Manelinha!

.Vidas passadas

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Links

.Subscrever feeds

.tags

. abstinência

. assembleia república reitor ministro

. ausência

. autópsia

. bento xvi

. cimeira

. crise

. crítica

. críticas

. deus

. dinheiro

. edp

. escola

. ferreira

. g20

. galp

. jovens

. leite

. lucro

. manuel

. morto

. papa

. paragem cardíaca

. polícia

. posts

. preservativo

. problema

. scolari tap futebol selecção nacional ac

. sexual

. sida

. siemens

. sócrates alberto joão jardim primeiro mi

. trabalho

. vaticano

. todas as tags