Domingo, 9 de Novembro de 2008

F...-se, que é bruta que nem uma porta!

Foram quase três meses sem escrever, mas estou de volta. Não foram férias, não foi preguiça, não foi nada! Simplesmente não escrevi.

Crise económica, as bolsas em queda, o preço dos combustíveis, as ameaças do Irão, a Rússia armada em forte, o Futebol Clube do Porto armado em fraco, a superstição de Quique Flores no Benfica, as birras do Paulo Bento no Sporting... Ah, e mais recentemente, o brinquedo novo do Zézinho e de Hugo Chavez: O Magalhães! A hegemonia portuguesa resumida a um computador portátil. Quero dizer: é a minha opinião. Estamos em crise, mas José Sócrates não se coíbe por isso. E porquê? Que pergunta esta!!! Porque temos o Magalhães, ora essa! Enfim...

Bem, mas a verdade é que o assunto não é este. Provavelmente já repararam no título deste texto. Então a quem estarei a referir-me? Vou dar uma pista: O nome começa por Maria de Lurdes. E acaba em Rodrigues. Isso mesmo, Maria de Lurdes Rodrigues, mais conhecida por Ministra da Educação.


A verdade é que esta senhora parece estar a gostar das peregrinações em sua memória. Ups... não é a sua memória, a senhora ainda está viva. É em sua honra. Isto são desejos reprimidos! Peço desculpa.
Na minha opinião, isto não é uma peregrinação, é um autêntico woodstock.
Maria... 120 mil professores na rua a queixar-se? E depois, impávida e serena, olha só para ela:
"Desistir não é uma solução, para isso não tenho disponibilidade". Desculpem, mas tenho que dizer isto... FODA-SE, que é bruta que nem uma porta!
100 mil não foram suficientes em Março. Agora vieram 120 mil. Também não chega?
Continua com a mesma arrogância que a caracteriza. Não cede nem um bocadinho. Será que não percebeu... acabaram-se as formalidades! Se uma aluna pode gritar com uma professora por causa do telemóvel, eu também posso tratá-la por "tu", certo? Então será que ainda não percebeste que estás a tornar a educação no teu feudo? Será que não percebes que esse tal modelo de avaliação não agrada à malta? Não respondas... Não vale a pena. Já sabemos a resposta. Tu até percebes, mas gostas desta ternura toda que os professores demonstram por ti, não é? Será que nunca ouviste dizer que para agradar o povo tens que lhes dar pão e circo? Deixa que te diga que a única coisa que estás a dar com essas palhaçadas todas é o circo. E é tão fraquinho que nem dá para rir.
Olha, há agora um programa que passa num dos canais públicos em que um dos actores diz uma coisa que se aplica bem na tua pessoa: "Vai mas é trabalhar". É isso mesmo, trabalha um bocadinho, mas trabalha bem. Não faças o que tens andado a fazer desde que és ministra da educação, ou seja, nada! Vá mulher... Chega-te à frente! Assim qualquer dia, quando menos deres por isso, ainda apareces por aí numa sarjeta caída.

E pronto... Mais não digo. Olé!

Hoje estou...: Assim...
Publicado por Antrópico às 01:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Então e eu? Quem sou?

.Vidas visitantes

.Pesquisar vidas!

 

.Vidas recentes

. Nobel da paz para Massimo...

. Feliz Sonae! Perdão… Nata...

. Ausência loooonga!

. Doutor, diga que foi para...

. Xiu... Cala a boca que as...

. Ah ah ah ah ah!!!

. Mas o que é que se passa ...

. Tenham medo... muito medo...

. Habemus Papam

. Haja saúde Manelinha!

.Vidas passadas

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Links

.Subscrever feeds

.Eu sou

Eu sou

.tags

. abstinência

. assembleia república reitor ministro

. ausência

. autópsia

. bento xvi

. cimeira

. crise

. crítica

. críticas

. deus

. dinheiro

. edp

. escola

. ferreira

. g20

. galp

. jovens

. leite

. lucro

. manuel

. morto

. papa

. paragem cardíaca

. polícia

. posts

. preservativo

. problema

. scolari tap futebol selecção nacional ac

. sexual

. sida

. siemens

. sócrates alberto joão jardim primeiro mi

. trabalho

. vaticano

. todas as tags