Terça-feira, 17 de Março de 2009

Habemus Papam

Há coisas que me deixam, de certo modo, perturbado. Estupefacto, mais propriamente...

Aquando da minha leitura diária de notícias constatei que algo de grave se passa no Vaticano. E perguntam vocês: "Então o facto do Vaticano existir não constitui por si só uma ameaça grave?"

Claro que sim, mas isso não é novidade! Acho que todos nós temos a noção de que qualquer entidade que, ao invés de progredir e acompanhar a evolução da sociedade, retrocede e faz questão de se afirmar devido a isso torna-se, evidentemente, perigosa.

Então o que é que de tão grave se passa no Vaticano? Pois bem; o facto do Papa Bento XVI querer cativar os jovens está a tomar proporções exageradas. É que ele não está habituado aos efeitos de "certas coisas" e a idade também não perdoa... Junta-se uma boa dose de alzheimer (com todo o respeito por quem tem a doença. Não gosto de zombar com coisas destas) e temos uma belíssima dose de asneiras dotadas de um surrealismo impressionante.

Oh yes! O Papa droga-se!

Então não é que Sua Santidade o Papa disse que a utilização de preservativos agravam o combate à SIDA (notícia aqui)? Em que mundo é que vive o Papa? O uso de preservativo agrava o combate à SIDA? Em vez disso, o homenzinho propõe a abstinência!

 

Temos que falar senhor Papa! E vou tratar-te por tu, porque não sou muito bom com estas coisas de ser formal... Oh Bento, toda a gente sabe que o preservativo não é a cura para a SIDA. Mas acho que quase toda a gente sabe que ajuda a prevenir e ajuda à não-propagação da doença.

E achas mesmo que os jovens, OS JOVENS(?), vão abster-se de ter relações sexuais? Queres um conselho? Fala só do que sabes. Levaste uma vida inteira a "esgalhar o pessegueiro"(digo eu que nem quero pegar nesse assunto)! Queres que a malta faça sacrifícios? Queres maior sacrifíco do que usar preservativo? Aquilo aperta o pescoço, sabias? Não é fácil.

Agora falando a sério, não compreendo como é que uma igreja que se quer afirmar perante os jovens, vem a público dizer tal barbaridade. É assim que querem que os jovens sigam a igreja? Será que é possível haver uma mentalidade mais retrógada? Já agora, porque não perseguir a Maya para a queimar na fogueira?

Acredito em Deus à minha maneira. Acho desoladora a maneira como a igreja tenta manipular as pessoas. É revoltante! Gostava de um Papa, mas esse morreu! Para que serve o Papa agora? Para servir de intermediário entre Deus e o povo? Ou para agitar a opinião pública? A mim não me serve de nada.

Falo com Deus à minha vontade e sabem que mais? Ele nem me pede dinheiro por isso. Graças a Deus! Olé!

Hoje estou...: Em paz com o Criador!
Sons: Rui Veloso - Logo que passe a Monção
Publicado por Antrópico às 16:34
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

.Então e eu? Quem sou?

.Pesquisar vidas!

 

.Vidas recentes

. Habemus Papam

.Vidas passadas

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Links

.Subscrever feeds

.tags

. abstinência

. assembleia república reitor ministro

. ausência

. autópsia

. bento xvi

. cimeira

. crise

. crítica

. críticas

. deus

. dinheiro

. edp

. escola

. ferreira

. g20

. galp

. jovens

. leite

. lucro

. manuel

. morto

. papa

. paragem cardíaca

. polícia

. posts

. preservativo

. problema

. scolari tap futebol selecção nacional ac

. sexual

. sida

. siemens

. sócrates alberto joão jardim primeiro mi

. trabalho

. vaticano

. todas as tags